Avaliação do Coletivo Maio – Evento do Comando de Mobilização do Direito 24/05

25 maio

Na última quinta-feira (24/05), ocorreu o debate “Greve na Universidade: o que eu tenho a ver com isso?” do Comando de Mobilização do Direito, com os Professores Luís Allan Küntze, presidente da APUFPR, e Ricardo Prestes Pazello, professor de Antropologia Jurídica da faculdade, em que foram discutidas as perspectivas da greve na Universidade e os próximos passos do movimento grevista.

O Comando de Mobilização dos Estudantes de Direito, surgido após deliberação de sua reativação em Assembleia dos Estudantes de Direito (14/05), realizou ontem um debate com os estudantes para discutir e esclarecer os processos de greve que tem ocorrido nas IFES (Instituições Federais de Ensino Superior). Dentre os repasses dados pelos professores, comentou-se o fortalecimento repentino do movimento, que já conta com 44 instituições em estado de greve, bem como demonstrações da precariedade pela qual tem passado o ensino público, tendo sido citados exemplos alarmantes como contêineres transformados em salas de aula na Unifesp, no campus de Santos, ou o caso do Instituto Federal de Palmas, no qual um único curso de Direito conta com somente 6 professores para os todos 5 anos. Do mesmo modo, também não faltaram críticas e apontamentos sobre as precarizações vividas na nossa própria universidade, a UFPR, assim como no curso de Direito. Por fim, foi tirado o indicativo de atividades comunitárias entre professores e estudantes durante a greve, tanto no movimento geral quanto localmente, no Direito.

O Coletivo Maio avalia muito positivamente o diálogo travado na atividade. É notório que o movimento grevista cresce e se consolida cada vez mais em todas as categorias que compõe a universidade: técnicos, professores e estudantes. É evidente que tamanha insatisfação não surge do nada, mas decorrem de um governo intransigente que se recusa cada vez mais a dialogar com a comunidade universitária e construir um projeto de educação popular que envolva a ampla discussão das categorias. Neste cenário de sucateamento progressivo da educação pública, vemos a mobilização e a organização das categorias como únicas alternativas de defesa da qualidade de ensino. Por isto, convocamos a tod@s @s estudantes de Direito para que compareçam às reuniões do Comando de Mobilização, que ocorrem toda terça-feira, às 11h, na subsede do CAHS. Por uma educação pública, gratuita e de qualidade!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: